FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

LONGE TÃO PERTO.
   Agora te vejo ao longe,
   luz que se apaga, centelha fraca
   de mim a cada dia distante.

   Agora te vejo ao longe,
   imagem que se desfaz,
   cercada pelo muro de magoas,
   destrui-lo não sou capaz.

  Agora te vejo ao longe,
  indiferença  infindas
  ocupando espaços,
  triste fim de seus abraços.

  Agora te vejo ao longe,
  ida sem volta,
  olhar de revolta.
  Estrada tortuosa a descortinar.

  Agora te vejo ao longe.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 04/12/2018
Alterado em 04/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras