FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

A TRAVESSIA.
   Aos que esperavam ansiosamente para o desfecho final. Aos que apostavam que em breve o último passo seria dado, do alto do despenhadeiro e o mergulho no etéreo seria inevitável. Aos que já antecipavam com planos de banquetes regados com taças de espumantes, oriundos de uma longa vida insone, correrias pela sobrevivência para um apoio digno aos filhos. Aos que antecipavam  as benesses advindas de uma vida na qual nem palavras reconfortantes foram ditas. Aqueles que se vitmizaram desempenhando um papel duplo, é mesmo assim ainda choramigavam pelos cantos e corredores. Digo a eles que: o panorama mudou. A força de sobrevivência, mesmo a passos tropegos retorna. A vontade de se reinventar próspera. Digo a eles que o esperado dia seguinte chegou e o fim que almejavam não se mostra nublado.
   Sol, brilha intenso apesar de não há mais tempo para longos sonhos, a vida passo a refazer com braços fortes e mãos firmes.
    Que continuem as injeções e comprimidos. Que as náuseas se transformem em incentivos para uma reação orgânica. Que os olhos clareiem sua visão para avistar ao longe os que perderam a batalha.
    É a travessia para o lado oposto.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 26/08/2018
Alterado em 26/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras