FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

TEMPO
   Chega como quem não quer nada,
   roda em torno de mim, me olha, me
   espreita e diz:
   ___sou o tempo. Não te percebia ha muito.
   Vejo que te Judiei, que suas marcas
   temporais são mais profundas do que as
   que causastes nos outros.
  ____como se atreve vir zombar de um
  resultado que provocantes ? Não te dou
  essa liberdade nem direito a isso.
   ____nem eu quero tal situação.  Não
  soubeste me usar a teu favor. Fui mal
  aproveitado por ti. Me tinhas sempre e  
  deixastes que a desordem mental te
  levasse a polos hora abaixo hora acima da
  linha traçada para ti. Quantas e  quantas
  vezes se desculpavas alegando minha
  falta? E eu sempre presente. Nao poderia
  parar e esperar por ti.  
  Continuei só agora percebes o valor de
  cada segundo. É  tarde? Não para mim sempre é início.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 16/06/2018
Alterado em 09/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras