FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

SUA VOLTA.
   BEM  VINDA.
   Chegues em silêncio. Não batas a porta. Não acordes a solidão que me fez companhia todo esse tempo de sua ausência.
   Deixe que ela acorde solenemente, e ao perceber sua presença, fuja pela mesma estrada que retornastes, que é o mesmo caminho onde muitas vezes me perdi em tua procura.
   Puxa essa cadeira, sentas aqui do meu lado, me contas das tuas andanças, mas não me fales de paixões mal resolvidas, inacabadas ou   fragmentadas,   elas   sempre machucam  cada  vez    que   são lembradas.
   Ver a casa, cada canto ainda tem seu cheiro. Assuma o que sempre foi teu. Mas que seja calmamente, aos poucos, para que me acostume com sua volta e o coração perceba, que desta vez é definitivo. Esvazia tua mala e deixa sua presença ocupar cada espaço.
   BEM VINDA.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 29/03/2018
Alterado em 29/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras