FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

LEMBRANÇAS.
   Te procuro em todo lugar.
   Não sei... é tudo tão estranho
   é como ficar sem ar,
   sua ausência é sono sem sonho.

  Em todas teu rosto vejo.
  A saudade maltrata, judia.
  Que saudade, que desejo.
  Como é triste uma alma vazia.

  A chuva fina completa o cenário.
  O vento sopra seu nome,
  esse frio me faz mais solitário
  O sorriso do meu rosto some.

  Por onde andas?
  Será que pensas em mim?
  Lembras daquelas danças?
  Sensuais, corpos sedentos a fim.

  Parece tudo distante.
  E tão pouco tempo faz,
  Cada detalhe me vêm todo instante
  te esquecer, sei não sou capaz.
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 07/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras