FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

A MORTE ANUNCIADA DE UM RIO.
  
  Ver aquele chão rachado,
  Já foi muito diferente
  Ali peguei muito pescado,
  Alimentava toda gente.

  Era água em abundancia ,
  Fico triste.
  Agora é só lembrança.
  Mesmo assim, o Rio persiste.

  Oh Rio que fizeram contigo?
  Antes tão imponente,
  Dos Ribeirinhos um amigo,
  Sustentava toda gente.

  Ao te ver seco assim
  Dar uma descrença tão grande,
  Que tristeza Rio Tocantins,
  Suas águas estão onde?

  Seu amigo Araguaia,
  Tambem  muito sentiu
  De medo que suas águas subtraiam
  Seu nível pouco subiu.  
    
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 22/10/2017
Alterado em 27/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras