FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

SERRA PELADA (VIDA DE GARIMPEIRO)
  
Essa Serra que encerrou,
   Foi Pelada, só no nome
   muita gente" bamburrou "
     Outros só esperança e fome.

  A sorte vinha a galope
   Quem montasse, vencedor.
      Os que não conseguiam era um golpe,
         A sina do perdedor.
  
  Para o que ganhava a fartura
    Sonho realizado.
       Uns gastavam com luxuria,
          Outros com fazendas de gado.

   A quem perdia, o desespero
     Totalmente endividado,
        Com a vida em destempero,
           Sair do local era convidado.

   Para uns a sorte mãe,
      Para outros, madrasta.
         Uns com vida de cães
             Outros na orgiasta.

        
      

        
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 07/10/2017
Alterado em 07/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras