FÉLIX CHAVES
TUDO VALE A PENA, SE A ALMA NÃO É PEQUENA
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


CARNE DE CRIAÇÃO

ANTONIO NAZARÉ, TINHA UMA CHÁCARA NA ENTRADA DO POVOADO , NO BAIRRO CHAMADO CABELO SECO. CRIAVA ALGUNS ANIMAIS , TAIS COMO PORCOS , GALINHAS, COELHOS E PRINCIPALMENTE BODES.
     ESSES ANIMAIS ELE TRATAVA DIREITINHO , ENGORDAVA OS BICHINHOS E QUANDO ESTAVAM CRESCIDOS , COM UM PESO BOM , ABATIA-OS E VENDIA NA RUA. AQUI CABE UMA EXPLICAÇÃO:            NAQUELA ÉPOCA NÃO EXISTIA A TAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E A COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ERA FEITO LIVREMENTE DE PORTA EM PORTA.
    ANTONIO NAZARÉ ERA UM DESSES VENDEDORES. ABATIA SEUS ANIMAIS E EM UM CARRINHO DE MÃO SAIA PELAS RUAS , OFERECENDO SEUS PRODUTOS SEMPRE GRITANDO :
OLHA A CARNE DE CRIAÇÃO. TÔ VENDENDO CARNE DE CRIAÇÃO , ABATIDA HOJE, GORDINHA NO PONTO.
    ERA ASSIM QUE ANTONIO NAZARÉ CHAMAVA SEUS ANIMAIS : CRIAÇÃO.
    A CARNE MAIS PROCURADA ERA A DE BODE. PRINCIPALMENTE PELO CABO ANTENOR , CHEFE DA POLÍCIA. VEIO LÁ DO PIAUÍ, MAS NUNCA PERDEU O GOSTO PELA PELAS COMIDAS DA TERRA. PRINCIPALMENTE UM BOM GUIZADO DE BODE. VIROU FREGUEZ COSTUMAZ DE NAZARÉ.
   NAQULE ANO DE SESSENTA E SEIS , A SECA FOI DANADA. AS CRIAÇÕES DE NAZARÉ FORAM FICANDO ESCASSAS. EMAGRECENDO  SEM DAR CRIA. A PREOCUPAÇÃO FOI AUMENTADO POIS ERA DALI QUE TIRAVA O SUSTENTO DA FAMÍLIA. OS BODES NEM SE FALA CADA VEZ MAIS RAROS.
   COMO É QUE ELE IA MANTER O CABO ABASTECIDO COM A CARNE DE BODE ?
UM DIA ANTONIO NAZARÉ VOLTOU A VENDER , SAIU GRITANDO: OLHA A CARNE DE CRIAÇÃO. CARNE DE BODE NOVINHA E GORDA.
   O CABO , COM MEDO DE FICAR DESABASTECIDO COMPROU LOGO VÁRIOS QUILOS.
E ASSIM FOI NA SEMANA SEGUINTE.
   ACONTECE QUE , NO POVOADO VIZINHO DE REPENTE COMEÇA A SUMIR OS CACHORROS. A POPULAÇÃO PREOCUPADA SEM SABER PRA ONDE OS ANIMAIS ESTAVAM INDO. ERA UM MISTÉRIO.
  RESOLVERAM ENTÃO COMEÇAR INVESTIGAR. FORAM QUE FORAM , DESCOBRIRAM O QUE JÁ SE SUSPEITAVA.
  ANTONIO NAZARÉ ESTAVA MATANDO OS CACHORROS E VENDENDO A CARNE COMO SE FOSSE DE BODE.
   IMEDIATAMENTE LEVARAM O FATO AO CABO ANTENOR , QUE TEVE ÂNSIAS DE VÔMITOS E DISSE : TRAGA O CABRA AQUI.
DEPOIS DE DAR UMA BOA SOVA EM ANTÔNIO NAZARÉ BOTOU ELE NA CADEIA. QUE SÓ FOI SOLTO POR INTERFERÊNCIA DO PADRE DO POVOADO.
 
Felix Chaves
Enviado por Felix Chaves em 03/08/2017
Alterado em 15/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (FELIX TADEU CHAVES E MAIL felixtadedu@uol.com.br).


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras